Tempo estimado para leitura deste texto: 3 minutos

Braquioplastia: a cirurgia que tira a flacidez dos braços

É a cirurgia plástica trata o excesso de gordura localizada, flacidez ou pele da região do braço, principalmente na região do tríceps, também conhecido como “músculo do tchau”. Pode ser feita com ou sem lipoaspiração da região.

Braquioplastia

Braquioplastia

A Braquioplastia (ou Dermolipectomia de braços) é indicada para pacientes com grande flacidez cutânea no braço que podem se submeter à ressecção de pele e gordura na parte que recobre o tríceps (face triciptal do braço). Tal cirurgia proporciona um melhor contorno corporal, melhor adequação do braço a vestimentas, melhorando a auto-estima e a qualidade de vida dos pacientes. Em pacientes com excesso de gordura, a lipoaspiração pode oferecer resultados complementares necessários, de acordo com a avaliação de cada paciente.

Como é o procedimento de Braquioplastia

A fim de remover o excesso de pele dos braços são necessárias incisões, que serão feitas nos lugares mais discretos possíveis, porém são cicatrizes visíveis. O tipo de incisão feita, depende da quantidade de pele extra e a localização da mesma.

Se o excesso de pele está localizado dentro de dois centímetros da axila, o cirurgião pode, potencialmente, puxar a pele para cima através de uma incisão na axila. Para casos cujo excesso de pele se estende da axila até o cotovelo, a única opção é a remoção completa da flacidez do braço com uma incisão que vai da axila ao cotovelo, na parte interna do braço.

A aparência da cicatriz após a recuperação da braquioplastia ou lifting de braços varia de paciente para paciente e não pode ser previsto. Portanto, é extremamente importante decidir se trocar a flacidez por uma cicatriz vale a pena.

Informações sobre a Cirurgia

  • Duração da cirurgia: 2h30 cada uma em média.
  • Tempo de internação: 1 a 2 dias.
  • Tempo médio de recuperação: 15 a 21 dias.
  • Uso de cintas elásticas durante 30 dias.
  • Uso de meia antitrombose é obrigatório
  • É possível a realização das cirurgias associadas, porém, apenas a avaliação médica mostrará a indicação e necessidade dos procedimentos.
  • As cicatrizes de braço podem alagar e adquirirum padrão ruim e antiestético, devido à qualidade de pele e movimento dos braços. Por isso é necessária a conversa com o cirurgião, antes do procedimento.
  • A anestesia será provavelmente a geral.

Quem é o profissional apto a realizar a braquioplastia?

A braquioplastia deve ser feita com um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Pós-operatório

A internação normalmente dura um dia, mas é indicada uma semana de repouso. Muitos cuidados são necessários no pós operatório: o paciente deve ficar sem levantar os braços por 21 dias. A drenagem linfática também é indicada para a redução do edema. É preciso usar malha elástica compressiva na região durante 1mês, não fazer movimentos bruscos com os braços, evitar pegar peso e levantar os braços nas primeiras semanas.

Exercícios físicos em geral devem ser evitados por 21 dias, e exercícios específicos para o braço só podem ser feitos após dois meses, em geral. Também é preciso proteger bem a cicatriz dos raios solares, para evitar que ela escureça.

Possíveis complicações da braquioplastia

As complicações da braquioplastia são os riscos inerentes a qualquer intervenção cirúrgica. Podem surgir são hematomas, infecção, depressões e irregularidades na pele, alterações nas cicatrizes.

Antes e depois da braquioplastia

O resultado dessa cirurgia é um contorno corporal mais bonito nessa região do corpo, com menor flacidez e aspecto de pele mais firme.

Uma questão comum dessa cirurgia são suas cicatrizes, que ocorrem devido a espessura da pele dos braços, que são muito finas, e por serem parte do corpo que são muito movimentadas. Sua extensão dependerá do grau de flacidez ou pele em excesso do paciente. Normalmente as cicatrizes ficam localizadas na axila ou ainda se estendem para a parte interna do braço.

Um dos fatores que podem tornar essa cicatriz menos estética é seu escurecimento, que pode ser evitado com a não exposição da região à radiação solar enquanto não tiver findado o processo de regeneração, isso pode ser feito cobrindo os braços ou usando protetores solares. Evitar mexer muitos os braços no pós-operatório ou forçar a cicatriz também ajuda.

Após a cicatrização completa do local existem tratamentos estéticos, tais como, laser e peelings, que amenizam o aspecto da cicatriz. Cicatrizes hipertróficas e quelóides podem acontecer, mas não se pode prever o seu surgimento.

O artigo acima foi classificado na seção: Procedimentos Cirurgicos
Você pode pesquisar mais sobre o tema desse artigo utilizando a(s) Tag(s): , ,

Divulgue, Compartilhe nosso site: